Blog Lean Sales

Categorias


Últimas postagens


Blog Lean Sales

Growth hacking: como utilizar para gerar crescimento no seu negócio?

Já imaginou se sua empresa pudesse crescer de forma rápida e constante?

Bianca MorescoBianca Moresco

O Growth Hacking já é uma realidade para diversas empresas hoje em dia, sendo que cada vez mais, vem sendo utilizado, principalmente por startups de tecnologia.

Se você já estudou, ou estuda frequentemente sobre marketing e empreendedorismo, já deve ter lido sobre esse poderoso tema que geralmente vem lincado a cases de sucesso.

Tenho conhecimento de que conversas a respeito desse tema tem gerado algumas confusões, sendo que muitas delas estão associadas à crenças que de certa forma atrapalham o entendimento do que verdadeiramente é o growth hacking e como aplicá-lo em seu dia-a-dia.

Então fica comigo aqui, que vou explicar para você entender melhor e poder aplicar no seu negócio.

Afinal o que é growth hacking?

Growth hacking nada mais é que uma forma de conseguir trabalhar o crescimento do seu negócio, tendo como base a construção de experimentos práticos a partir de testes e hipóteses.

Se engana quem pensa que é apenas uma ideia de gênio que mudará para sempre os resultados do negócio.

Existem diversas metodologias que explicam sobre o assunto, mas que existem apenas para facilitar o entendimento. Essas metodologias geralmente são formadas por contextos mais genéricos ou muito distantes da realidade.

Para facilitar, listei alguns pontos essenciais do growth para você entender melhor:

  1. Foque seus esforços no principal problema do seu negócio;
  2. Pense em melhorias para esse foco e tenha como prioridade sempre as melhores ideias;
  3. Modele a forma mais simples e rápida de testar essa nova ideia e aplicá-la;
  4. Garanta que você aprendeu com seu sucesso e insucesso;
  5. Use o que aprendeu para começar novos testes.

Em português, a expressão growth hacking não tem uma tradução específica, por se tratar de uma expressão.

Separando as palavras temos palavras chaves como:

De uma forma mais simples, podemos entender como a prática de encontrar “gatilhos”, que quando utilizados corretamente, tendem a promover um crescimento acelerado.

A “melhor” forma para a definição de growth hacking, varia muito de empresa para empresa sendo que o macro princípio é sempre voltado para o crescimento sustentável do negócio.

Então de onde surgiu a origem da expressão?

O termo foi criado em 2010, por Sean Ellis, que foi head de marketing do LogMeIn e o primeiro profissional de marketing da história do Dropbox.

Ele criou esse termo para poder descrever a realização de seu trabalho pelas empresas onde passava.

“Growth Hacking é marketing orientado a experimentos.” (Sean Ellis)

Quando criou o termo, Ellis analisou empresas que haviam um crescimento acelerado e constatou que elas tinham pontos em comum relacionados a esse crescimento.

Alguns pontos que ele listou foi:

Ellis também conta que estas empresas tinham um processo de growth hacking muito bem estruturado, existindo um passo a passo para a implementação de melhorias e conseguir com que a empresa tivesse um crescimento sustentável.

Porém sempre que ele se desligava de uma startup para começar uma atividade nova, ele tinha dificuldade para encontrar um substituto que daria continuidade nos trabalhos e que desse conta do crescimento da startup.

O profissional: Growth Hacker

Se fosse para definir de forma clara e rápida o profissional Growth Hacker eu diria que é:

“Uma pessoa cujo objetivo verdadeiro é o crescimento.”

Com toda a dificuldade obtida por Ellis em encontrar esse profissional, ele resolveu formar esses profissionais.

Profissionais da área de marketing eram os primeiros que ele buscava, já que esses eram os que estariam mais próximos de adquirir os conhecimentos necessários.

O Growth Hacker, além de todo o conhecimento técnico e conceitual de marketing em geral,  também precisa entender muito bem de processos, experimentos, tecnologia e o mais importante, a psicologia do consumidor.

O essencial para esse profissional é entender como as pessoas pensam e reagem na jornada de compra e pelo que são motivadas.

Quando ele passa a entender o comportamento das pessoas, ele poderá encontrar dentro dos seus conhecimentos de marketing possíveis gatilhos de crescimento e através de métodos e experimentações, a comprovações de suas hipóteses.

Todas as ações de um profissional de growth, é examinado de acordo com o potencial de impacto sobre o crescimento escalável da empresa.

A principal missão desse profissional é fazer com que o negócio cresça de modo escalável, onde o faturamento aumente sem que o uso de recursos cresça usando a mesma proporção.

A combinação de estratégias de marketing, engenharia e tecnologias da informação são combinadas nas ações estratégicas, principalmente na hora de driblar os concorrentes.

Quando adotar essa estratégia em seu negócio?

Existem momentos onde se mostra necessário a aplicação dessa estratégia em alguns negócios.

Vou mostrar três pontos onde acredito que essa aplicação é essencial:

  1. Ao estruturar ou reestruturar os principais processos de operação do negócio: ao construir os processos que irão garantir a sustentabilidade, é recomendado usar estratégias de growth hacking. Aqui você irá entender o que é melhor a ser feito, quanto deverá investir e qual a visão de futuro de cada processo.
  2. Negócios que ainda estão sendo estruturados mas que já possuem uma operação rodando: aqui a empresa já tem seus principais processos sendo utilizados, mas ainda tem dúvidas se cria novos processos ou otimiza os existentes. Nessa etapa estratégias de growth hacking poderão apresentar o melhor caminho a ser percorrido.
  3. Empresas que já estão estruturadas: todos os processos estão rodando mas a busca constante por melhoria e eficiência deixa todos inquietos. Para melhorar a maximização desses recursos o growth hacking é quase que indispensável.

Cada negócio tem seus processos, produtos e cultura, por isso, todo o processo de implementar essas estratégias precisam estar de acordo com os principais valores e serem personalizadas para cada negócio.

A utilização do growth hacking tem muito mais a ver com o modo de pensamento das pessoas estrategicamente envolvidas do que estratégias fixas.

Adaptabilidade é essencial para uma estratégia de sucesso!

Conclusão

Agora que você entendeu o que é growth hacking, você precisa ter em mente que essa estratégia é muito mais que uma metodologia, ela é uma forma de pensar.

Se você levar isso em consideração e aplicar nas diversas áreas da sua empresa, você poderá elevar seus resultados expressivamente e consequentemente, garantir o crescimento sustentável do seu negócio.

Se você ainda tem dúvidas a respeito do growth hacking, entra em contato conosco e veja como podemos ajudar no crescimento da sua empresa.

 

Comentários 0
Nenhum comentário até o momento.